jusbrasil.com.br
15 de Outubro de 2019
    Adicione tópicos

    Resumo de notícias desta sexta-feira

    Pizzolato

    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, informou hoje (8) à Procuradoria-Geral da República (PGR) que o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato ficará preso no Presídio da Papuda, no Distrito Federal, se for extraditado para o Brasil. Pizzolato foi condenado a 12 anos e sete meses de prisão por lavagem de dinheiro e peculato na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Ele estava foragido desde novembro de 2013 e foi preso em fevereiro, em Maranello, na Itália. Barbosa respondeu a um pedido de esclarecimentos, feito ao Brasil pelo Ministério Público italiano, sobre as condições dos presídios do país. As autoridades da Itália querem saber se as instalações prisionais têm condições de garantir os direitos fundamentais da pessoa humana". (Agência Brasil)

    Gripe

    Todos os municípios brasileiros devem continuar a campanha de vacinação contra a gripe. O Ministério da Saúde prorrogou a mobilização para ampliar o número de pessoas protegidas em todo o país. Até esta quinta-feira, mais de 21,3 milhões de brasileiros se vacinaram contra a doença, o que representa 53,6% da meta estabelecida. Em Minas, o percentual de vacinação, até o momento, é de 50,04%. A meta é atingir 80% do grupo prioritário para a imunização, composto por 49,6 milhões de pessoas, e a campanha será prorrogada até que essa meta seja atingida. Em Belo Horizonte, apenas 23% das pessoas a serem imunizadas, compareceram a um dos 147 postos de saúde espalhados pela cidade. A meta é que 655 mil belo-horizontinos sejam vacinados. (Rádio Itatiaia)

    Dengue

    Mais três pessoas morreram na capital paulista em decorrência da dengue, informou a Secretaria Municipal de Saúde. As vítimas foram um homem de 68 anos e duas mulheres, de 34 anos e 69 anos, respectivamente. As pessoas moravam nas regiões do Tremembé (zona norte) e do Jaguaré (zona oeste). Com isso, a cidade totaliza quatro mortes por dengue desde o início deste ano. Segundo levantamento da secretaria, foram registrados 4.514 casos este ano, mais que o dobro contabilizado no mesmo período de 2013. Durante o ano passado inteiro, foram registrados 2.617 casos da doença. (Agência Brasil)

    Tarifa

    A liminar do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) que pede a anulação do aumento de 7,5% nas tarifas do transporte coletivo de Belo Horizonte foi negada pela Justiça. Após a decisão desta quinta-feira, proferida pelo juiz Renato Luiz Dresh, da 4ª Vara da Fazenda Municipal, a Prefeitura da capital emitiu nota informando que o preço das passagens será reajustado a partir da 0h deste sábado. Com isso, o valor das tarifas dos ônibus de Belo Horizonte vai subir para R$ 2,85, já que outro pedido do Ministério Público, o de suspender o reajuste enquanto o relatório das concessionárias de transporte é analisado, também foi revogado. Nessa segunda-feira (5), o MPMG realizou uma análise inicial do relatório das empresas e decidiu solicitar a anulação do procedimento, já que encontrou falhas no documento. Para o órgão, não existem dados reais sobre os gastos com pneus e combustíveis, o que demonstra falta de transparência. (Rádio Itatiaia)

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)